MBA em Saneamento Ambiental

Início: 10/2024

Valor para não associados: R$49.950,00

Valor para associados: R$44.955,00

INSCRIÇÕES ABERTAS

Para fazer sua inscrição entre em contato através do email: anaclaudia@abdib.org.br ou pelo telefone: 11 3094-1974

Categoria:

Objetivo

O objetivo do MBA Saneamento Ambiental Internacional, pós-graduação internacional na modalidade EAD, é qualificar profissionais da administração pública e do setor privado para a gestão e regulação dos serviços de saneamento e de recursos hídricos, para o exercício de suas funções e a promoção do desenvolvimento do setor. O curso agrega docentes e especialistas que unem conhecimento acadêmico, atuação prática e experiência de mercado nos setores público e privado, sendo composto de conteúdos avançados sobre saneamento (Abastecimento de Água, Esgotamento Sanitário, Drenagem de Águas Pluviais e Limpeza Urbana e Manejo de Resíduos Sólidos) e recursos hídricos. Sendo um MBA internacional, o curso tem atenção permanente aos processos de desenvolvimento desses setores no país e nos desafios sociais, econômicos e globais que envolvem essas temáticas. São tratados temas como prestação eficiente dos serviços de saneamento, integração das infraestruturas e serviços, gestão dos recursos hídricos voltada às bacias hidrográficas, aspectos regulatórios, econômicos, sociais, tecnológicos, técnico-operacionais, além de práticas inovadoras e de referências nacionais e internacionais.

Público-alvo

O público-alvo do curso é constituído por profissionais, gestores e técnicos do setor público e privado que atuam ou estejam ingressando em atividades relacionadas ao setor de saneamento e de recursos hídricos, gestão de bacias, regulação ou controle de serviços públicos de saneamento.

Módulo Executivo Internacional University College London: fundada em 1826 no coração de Londres, a University College London (UCL) é uma das melhores universidades do mundo. De acordo com o respeitado QS World University Rankings (2022), está classificada em 8º lugar entre as melhores instituições acadêmicas globais. Também foi considerada a melhor universidade do Reino Unido em força de pesquisa no mais recente Research Excellence Framework (REF2014) e é a principal universidade multidisciplinar de Londres, com 11 faculdades acadêmicas, 43.800 alunos de 150 países diferentes, mais de 14.300 funcionários, 440 programas de graduação e 675 programas de pós-graduação. A UCL também é a casa de 30 laureados com o Prêmio Nobel entre ex-alunos e funcionários atuais e antigos, tendo sido a primeira universidade na Inglaterra a receber estudantes de qualquer religião e a possibilitar o acesso de mulheres à educação universitária. De interesse particular para os interessados em nosso MBA, vale destacar que o Módulo Executivo Internacional será coordenado academicamente pela Development Planning Unit (DPU), departamento da The Bartlett Faculty of the Built Environment da UCL. A Bartlett atua na vanguarda em vários campos distintos, tais como infraestrutura, parcerias público-privadas, saneamento ambiental, cidades, inovação, planejamento, desenvolvimento e arquitetura.

Cooperação Institucional Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES: com 55 anos de atuação no saneamento e meio ambiente no Brasil, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES reúne em seu corpo associativo cerca de 10.000 profissionais do setor. A ABES tem como missão ser propulsora de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que contribuam para o desenvolvimento do saneamento ambiental, visando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas. A ABES apresenta publicações periódicas e tem seu próprio programa de capacitação, a UNIABES, que oferece cursos de saneamento ambiental por meio de plataforma EAD.

Disciplinas do curso

MÓDULO 1 - Relações entre o Estado, Sociedade Civil e Cultura Política no Brasil (28 horas) 1. Relações entre o Estado, Sociedade Civil e Cultura Política no Brasil

MÓDULO 2 - Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (90 horas + Optativas) 1. Contexto, Marcos Legais e Novo Marco Legal (LF. 14.026/2020) da Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário – (30 horas) 2. Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (30 horas) 3. Gestão e Planejamento da Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário; Inovações Tecnológicas (30 horas) Disciplinas Optativas: I. Introdução a Projetos de Infraestrutura; II. Qualidade de Água e Saúde Pública; III. Conceitos básicos de engenharia aplicados ao saneamento.

MÓDULO 3 - Prestação e Gestão de Serviços de Limpeza Pública e Manejo de Resíduos Sólidos (70 horas) 1. Contexto e Marcos Legais da Prestação de Serviços de Limpeza Pública e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (20 horas) 2. Gestão Integrada, Regionalização e Planejamento da Prestação de Serviços de Limpeza Pública e Manejo de Resíduos Sólidos (20 horas) 3. Sustentabilidade; Consorciamento e cobrança pela prestação dos serviços (10 horas) 4. Estruturação e Modelagem de Contrato de Concessão e PPPs em RSU - (20 horas)

MÓDULO 4 - Gestão de Bacias Hidrográficas (50 horas) 1. Legislação e práticas de Bacias Hidrográficas (10 horas) 2. Planos de Bacia: sustentabilidade e cobrança pelo uso sustentável da água (10 horas) 3. Drenagem de águas pluviais urbanas (10 horas) 4. Escassez Hídrica e Medidas Mitigatórias (10 Horas) 5. Inovações tecnológicas em gestão de recursos Hídricos (10 Horas)

MÓDULO 5 - Regulação dos Serviços de Saneamento (62 horas) Aspectos Conceituais/Legais da Regulação da Prestação dos Serviços de Saneamento (32 horas) 1. Regulação e os desafios do novo Marco Regulatório (30 Horas)

MÓDULO 6 - Módulo Avançado (Obrigatório fazer 3 das 4 oferecidas) (60 horas) Trilha 1 • Gestão de Perdas (20 horas) Trilha 2 • Gestão e Avaliação de Ativos (20 horas) Trilha 3 • Gestão sob a ótica da Lei Federal 14.026/2020 (incluindo gestão por resultados, metas e indicadores de desempenho) (20 horas) Trilha 4 • Estruturação de Projetos de PPP em Saneamento (20 horas)

MÓDULO 7 - Ateliê de Projetos/Metodologia de Elaboração de Projetos (20 horas)

MÓDULO EXECUTIVO INTERNACIONAL - Módulo Executivo Internacional em Londres [UCL] (40 horas).

Coordenação:                                                                                                                         

Professor Elcires Pimenta Freire: Possui graduação em Tecnologia de Processos de Produção pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho com diversas especializações na área de meio ambiente, saneamento e parceria público-privada (FESPSP, USP e London School of Economics and Political Science). É professor e Coordenador de Projetos Socioambientais da Sociologia e Política – Escola de Humanidades, sendo responsável por importantes projetos na área de políticas públicas e de gestão de resíduos e saneamento. Descrição Desde a promulgação da Lei 11.445/2007, e recentemente com a Lei 14.026/2020, o Brasil tem vivenciado um período de debates sobre a gestão do saneamento, sem precedentes. Os desafios do saneamento no País estão refletidos nos principais indicadores do setor, como altos índices de perdas de água tratada na maioria das cidades brasileiras, baixos índices de tratamento de esgoto, baixa eficiência dos serviços de saneamento, disposição inadequada dos resíduos sólidos, dentre outros. Este quadro foi a base e principal argumento do intenso debate nacional dos últimos dois anos, que resultou em um grande redesenho do setor, proposto pela Lei 4.026/2020. As proposições deste marco legal estabelecem um novo cenário para a prestação desses serviços públicos no Brasil. É um enorme desafio para toda sociedade e para o setor de saneamento atender de forma plena às diretrizes estabelecidas pelo novo marco legal, com a introdução de elementos, como o do ambiente de competição, novas regras de contratos, um novo modelo institucional da regulação, regionalização, metas de universalização e redução de perdas entre outras. Este novo cenário coloca o aprimoramento da gestão da prestação dos serviços de saneamento como um dos principais instrumentos para atender os objetivos colocados. Ademais, diversos fatores naturais e antrópicos devem ser incorporados de forma plena e transversal na gestão e planejamento dos sistemas de saneamento. Dentre esses fatores, estão as condições climáticas, as características regionais e a disponibilidade hídrica. (PPP e Concessões e Saneamento Ambiental).

O agravamento da crise global da água, dos conflitos causados pelos usos múltiplos, além da poluição e mudanças climáticas elevam a complexidade e amplitude dos desafios em qualquer parte do mundo. No Brasil, este quadro global e as recentes mudanças estruturais e institucionais fazem desta década um momento histórico e de grande transformação do saneamento. O novo modelo contratual, com as metas de universalização e de eficiência dos serviços, acelera e intensifica a necessidade de rápidas mudanças em todo o setor. Neste cenário, a capacitação dos profissionais do saneamento passa a ser imperiosa. Uma formação ampla voltada à gestão da prestação de serviços para os enfrentamentos desses grandes desafios são requisitos necessários e indispensáveis. A Sociologia e Política - Escola de Humanidades, por meio do seu Núcleo de Pesquisa em Ciências Sociais, apresenta o Curso de MBA Saneamento Ambiental, direcionado a um público-alvo específico, associado diretamente às políticas públicas em saneamento e de gestão de bacias, além de técnicos e especialistas da área. Com uma linguagem técnica e voltada às boas práticas, o curso é ministrado por especialistas de renome nacional e internacional, tendo um Módulo Executivo Internacional ministrado na University College London (UCL), que de acordo com o respeitado QS World University Rankings (2022), está classificada em 8º lugar entre as melhores instituições acadêmicas globais.

Carga horária: 440 horas/aula

 

MBA em Saneamento Ambiental

Início: 10/2024

Valor para não associados: R$49.950,00

Valor para associados: R$44.955,00

INSCRIÇÕES ABERTAS

Para fazer sua inscrição entre em contato através do email: anaclaudia@abdib.org.br ou pelo telefone: 11 3094-1974

Categoria:

Objetivo

O objetivo do MBA Saneamento Ambiental Internacional, pós-graduação internacional na modalidade EAD, é qualificar profissionais da administração pública e do setor privado para a gestão e regulação dos serviços de saneamento e de recursos hídricos, para o exercício de suas funções e a promoção do desenvolvimento do setor. O curso agrega docentes e especialistas que unem conhecimento acadêmico, atuação prática e experiência de mercado nos setores público e privado, sendo composto de conteúdos avançados sobre saneamento (Abastecimento de Água, Esgotamento Sanitário, Drenagem de Águas Pluviais e Limpeza Urbana e Manejo de Resíduos Sólidos) e recursos hídricos. Sendo um MBA internacional, o curso tem atenção permanente aos processos de desenvolvimento desses setores no país e nos desafios sociais, econômicos e globais que envolvem essas temáticas. São tratados temas como prestação eficiente dos serviços de saneamento, integração das infraestruturas e serviços, gestão dos recursos hídricos voltada às bacias hidrográficas, aspectos regulatórios, econômicos, sociais, tecnológicos, técnico-operacionais, além de práticas inovadoras e de referências nacionais e internacionais.

Público-alvo

O público-alvo do curso é constituído por profissionais, gestores e técnicos do setor público e privado que atuam ou estejam ingressando em atividades relacionadas ao setor de saneamento e de recursos hídricos, gestão de bacias, regulação ou controle de serviços públicos de saneamento.

Módulo Executivo Internacional University College London: fundada em 1826 no coração de Londres, a University College London (UCL) é uma das melhores universidades do mundo. De acordo com o respeitado QS World University Rankings (2022), está classificada em 8º lugar entre as melhores instituições acadêmicas globais. Também foi considerada a melhor universidade do Reino Unido em força de pesquisa no mais recente Research Excellence Framework (REF2014) e é a principal universidade multidisciplinar de Londres, com 11 faculdades acadêmicas, 43.800 alunos de 150 países diferentes, mais de 14.300 funcionários, 440 programas de graduação e 675 programas de pós-graduação. A UCL também é a casa de 30 laureados com o Prêmio Nobel entre ex-alunos e funcionários atuais e antigos, tendo sido a primeira universidade na Inglaterra a receber estudantes de qualquer religião e a possibilitar o acesso de mulheres à educação universitária. De interesse particular para os interessados em nosso MBA, vale destacar que o Módulo Executivo Internacional será coordenado academicamente pela Development Planning Unit (DPU), departamento da The Bartlett Faculty of the Built Environment da UCL. A Bartlett atua na vanguarda em vários campos distintos, tais como infraestrutura, parcerias público-privadas, saneamento ambiental, cidades, inovação, planejamento, desenvolvimento e arquitetura.

Cooperação Institucional Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES: com 55 anos de atuação no saneamento e meio ambiente no Brasil, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES reúne em seu corpo associativo cerca de 10.000 profissionais do setor. A ABES tem como missão ser propulsora de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que contribuam para o desenvolvimento do saneamento ambiental, visando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas. A ABES apresenta publicações periódicas e tem seu próprio programa de capacitação, a UNIABES, que oferece cursos de saneamento ambiental por meio de plataforma EAD.

Disciplinas do curso

MÓDULO 1 - Relações entre o Estado, Sociedade Civil e Cultura Política no Brasil (28 horas) 1. Relações entre o Estado, Sociedade Civil e Cultura Política no Brasil

MÓDULO 2 - Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (90 horas + Optativas) 1. Contexto, Marcos Legais e Novo Marco Legal (LF. 14.026/2020) da Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário – (30 horas) 2. Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (30 horas) 3. Gestão e Planejamento da Prestação de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário; Inovações Tecnológicas (30 horas) Disciplinas Optativas: I. Introdução a Projetos de Infraestrutura; II. Qualidade de Água e Saúde Pública; III. Conceitos básicos de engenharia aplicados ao saneamento.

MÓDULO 3 - Prestação e Gestão de Serviços de Limpeza Pública e Manejo de Resíduos Sólidos (70 horas) 1. Contexto e Marcos Legais da Prestação de Serviços de Limpeza Pública e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (20 horas) 2. Gestão Integrada, Regionalização e Planejamento da Prestação de Serviços de Limpeza Pública e Manejo de Resíduos Sólidos (20 horas) 3. Sustentabilidade; Consorciamento e cobrança pela prestação dos serviços (10 horas) 4. Estruturação e Modelagem de Contrato de Concessão e PPPs em RSU - (20 horas)

MÓDULO 4 - Gestão de Bacias Hidrográficas (50 horas) 1. Legislação e práticas de Bacias Hidrográficas (10 horas) 2. Planos de Bacia: sustentabilidade e cobrança pelo uso sustentável da água (10 horas) 3. Drenagem de águas pluviais urbanas (10 horas) 4. Escassez Hídrica e Medidas Mitigatórias (10 Horas) 5. Inovações tecnológicas em gestão de recursos Hídricos (10 Horas)

MÓDULO 5 - Regulação dos Serviços de Saneamento (62 horas) Aspectos Conceituais/Legais da Regulação da Prestação dos Serviços de Saneamento (32 horas) 1. Regulação e os desafios do novo Marco Regulatório (30 Horas)

MÓDULO 6 - Módulo Avançado (Obrigatório fazer 3 das 4 oferecidas) (60 horas) Trilha 1 • Gestão de Perdas (20 horas) Trilha 2 • Gestão e Avaliação de Ativos (20 horas) Trilha 3 • Gestão sob a ótica da Lei Federal 14.026/2020 (incluindo gestão por resultados, metas e indicadores de desempenho) (20 horas) Trilha 4 • Estruturação de Projetos de PPP em Saneamento (20 horas)

MÓDULO 7 - Ateliê de Projetos/Metodologia de Elaboração de Projetos (20 horas)

MÓDULO EXECUTIVO INTERNACIONAL - Módulo Executivo Internacional em Londres [UCL] (40 horas).

Coordenação:                                                                                                                         

Professor Elcires Pimenta Freire: Possui graduação em Tecnologia de Processos de Produção pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho com diversas especializações na área de meio ambiente, saneamento e parceria público-privada (FESPSP, USP e London School of Economics and Political Science). É professor e Coordenador de Projetos Socioambientais da Sociologia e Política – Escola de Humanidades, sendo responsável por importantes projetos na área de políticas públicas e de gestão de resíduos e saneamento. Descrição Desde a promulgação da Lei 11.445/2007, e recentemente com a Lei 14.026/2020, o Brasil tem vivenciado um período de debates sobre a gestão do saneamento, sem precedentes. Os desafios do saneamento no País estão refletidos nos principais indicadores do setor, como altos índices de perdas de água tratada na maioria das cidades brasileiras, baixos índices de tratamento de esgoto, baixa eficiência dos serviços de saneamento, disposição inadequada dos resíduos sólidos, dentre outros. Este quadro foi a base e principal argumento do intenso debate nacional dos últimos dois anos, que resultou em um grande redesenho do setor, proposto pela Lei 4.026/2020. As proposições deste marco legal estabelecem um novo cenário para a prestação desses serviços públicos no Brasil. É um enorme desafio para toda sociedade e para o setor de saneamento atender de forma plena às diretrizes estabelecidas pelo novo marco legal, com a introdução de elementos, como o do ambiente de competição, novas regras de contratos, um novo modelo institucional da regulação, regionalização, metas de universalização e redução de perdas entre outras. Este novo cenário coloca o aprimoramento da gestão da prestação dos serviços de saneamento como um dos principais instrumentos para atender os objetivos colocados. Ademais, diversos fatores naturais e antrópicos devem ser incorporados de forma plena e transversal na gestão e planejamento dos sistemas de saneamento. Dentre esses fatores, estão as condições climáticas, as características regionais e a disponibilidade hídrica. (PPP e Concessões e Saneamento Ambiental).

O agravamento da crise global da água, dos conflitos causados pelos usos múltiplos, além da poluição e mudanças climáticas elevam a complexidade e amplitude dos desafios em qualquer parte do mundo. No Brasil, este quadro global e as recentes mudanças estruturais e institucionais fazem desta década um momento histórico e de grande transformação do saneamento. O novo modelo contratual, com as metas de universalização e de eficiência dos serviços, acelera e intensifica a necessidade de rápidas mudanças em todo o setor. Neste cenário, a capacitação dos profissionais do saneamento passa a ser imperiosa. Uma formação ampla voltada à gestão da prestação de serviços para os enfrentamentos desses grandes desafios são requisitos necessários e indispensáveis. A Sociologia e Política - Escola de Humanidades, por meio do seu Núcleo de Pesquisa em Ciências Sociais, apresenta o Curso de MBA Saneamento Ambiental, direcionado a um público-alvo específico, associado diretamente às políticas públicas em saneamento e de gestão de bacias, além de técnicos e especialistas da área. Com uma linguagem técnica e voltada às boas práticas, o curso é ministrado por especialistas de renome nacional e internacional, tendo um Módulo Executivo Internacional ministrado na University College London (UCL), que de acordo com o respeitado QS World University Rankings (2022), está classificada em 8º lugar entre as melhores instituições acadêmicas globais.

Carga horária: 440 horas/aula